terça-feira, 27 de maio de 2014

Capitulo 11-"Já pôs as mãos em cima de ti uma vez, dispenso ter de o voltar a fazer."


Para além do pessoal do habitual desta vez  veio também até à casa de Javi, Gonçalo , Laura e Rodrigo. 

-A Daniela não vem?-pergunta Javi a Isa ao estranhar não ver ali Daniela.

-Ela foi deixar o seu avô em casa e depois vem cá ter.

-Hmm ok.

-Mano vamos fazer um campeonato contamos contigo certo?- Rúben chamou por Javi apontado para a Playstation tendo já ele e o Rodrigo os comandos na mão.

-Claro.-Javi respondeu-lhe e depois tocou levemente com os seus lábios nos de Isa indo para o sofá. Aí estavam todos os rapazes que davam atenção aquele jogo de ftebol. Expecto Ola John que  ficou no sofá ao lado com o seu braço em volta da cintura de Áurea e a cabeça dela no seu peito.

-Como amanhã estou de folga pensei que hoje quisesses ir até à minha casa, depois do jantar.- falou Ola John passando a sua mão por uma madeixa do cabelo de Áurea.

-Mas assim ficaria um pouco tarde para depois voltar para a minha casa.

-O que quis dizer  é que podias passar a noite comigo.- ele sorriu.

-Passar a noite contigo…?

-Se quiseres claro.

-Claro que quero, mas vou precisar de passar por minha casa antes.

-Como a menina quiser.- disse fazendo-a sorrir. Áurea colocou a sua mão no rosto dele e beijou-o.Ficaram colados até ouvir o comentário de Daniela que ao entrar na sala deu de caras com aquela demonstração de afecto.

-Vocês não se largam mesmo.- Daniela riu ao vê-los ali com os seus habituais beijinhos e amassos.

-E com tanta boquinha começo a achar que o que queres também é alguém para estares assim agarradinha.-atirou Áurea.

-Ah aha ah, que engraçadinha.- deu uma gargalhada sarcástica.- Olha antes sozinha do que mal acompanhada!- disse e virou costas indo para perto de Isa.-O que vamos jantar?

-Mandei vir umas pizzas,devem estar a chegar.

-Hmm ok..-ela olhou para o sofá. –Olha quem é aquele?- apontou o Rodrigo.

-É o Rodrigo,é amigo do Javi e dos outros rapazes…Também joga no Benfica.

-A sério?..O Javi devia-o ter trazido cá a casa há mais tempo!


 -Oh Dani é que não comeces!- avisou-a quando notou os olhinhos que Daniela fazia em direcção ao Rodrigo.

-Mas oh Dani o quê!Porra queres que eu vire freira é?

-Sabes que não é isto que quis dizer,mas se te assentasses com alguém eu nem abria a boca agora  a menina anda só ai com tudo o que aparece e sabes qual é a minha opinião a enrolares-te com amigos do Javi.

-Mas é apenas a tua opinião.- tocaram à campainha.- Olha vou buscar as pizzas!

Ela fugiu ao assunto e foi abrir a porta. Trouxe o jantar para cima da mesa. Quando os rapazes decidiram fazer uma pausa nos jogos vieram para a mesa.


-Não me vais apresentar?- disse Daniela a Isa baixinho dando-lhe uma cotovelada.

-O quê?

-Se não me vais apresentar ao amigo do Javi.

-Está bem pronto..-bufou e pousou o prato.Aproximaram-se as duas de Rodrigo e Isa falou.- Rodrigo. –ele estava de costas e ao ouvi-la virou-se ficando de frente para elas.-
Quero te apresentar uma amiga minha que chegou à pouco, é a Daniela.Daniela este é o Rodrigo.

-Olá.- ele sorriu e colocando a mão no ombro de Daniela cumprimentou-a com um beijo no rosto.

-Olá.

-Bem vou ter com o Javi.- falou para eles com um sorriso e depois de olhar para Daniela, quase como a avisando para ter cuidado com o que iria fazer, afastou-se.  Tal como Rodrigo, Daniela colocou uma fatia de pizza no seu prato,encheram um copo e sentaram-se à mesa.  Durante o jantar foi rara a vez em que não havia tema de conversa entre eles. Ele parecia ser simpático porque haveria a noite de ficar por ali?!... Javi tinha algumas bebidas na sala e como Daniela sabia disso perguntou a Rodrigo se queria ir até lá para beber alguma coisa.

-Toma.- com um sorriso deu o copo a Rodrigo e sentou-se no sofá ficando ao seu lado.

-Obrigado.-agradeceu retribuindo o sorriso.

-Amanhã vocês voltam aos treinos?-perguntou Daniela querendo dar continuidade à conversa.

-Não,não. Amanhã temos o dia é para descansar.-falou e colocou o seu braço sobre o 
sofá, bocejando mostrando algum cansaço.

-E estou a ver que é mesmo disto que precisas.- gargalharam.- Mas se calhar até te posso ajudar.- pousou o copo .

-Ai sim?Como?

-Não é que seja pró nestas coisas mas posso te fazer uma massagem.- falou  com uma certa ousadia e pegando no copo de Rodrigo e pouso-o  ao lado do seu.

-Uma massagem?- sorriu ao ouvir a oferta de Daniela.

-Sim.- Daniela  chegou-se mais para perto dele e colocou as mãos nos ombros de Rodrigo que virou um pouco mais para o seu lado esquerdo ficando numa melhor posição para ela fazer a massagem. Começou a exercer alguma força mas com carinho nos seus ombros.-Afinal até que tens jeito…- falou Rodrigo quando desfrutava da sua massagem.

-Nesse caso aproveita para relaxares...

Disse continuando com as suas mãos nos ombros dele. Rodrigo acabou por fechar os seus olhos  por uns segundos e inclinou um pouco a cabeça para trás...Ele estava a desfrutar da sua massagem e Daniela foi aproximando o seu rosto do dele…Ela colocou a sua boca perto do ouvido esquerdo e no momento em que lhe ia falar acabou por não o fazer.

-Estava a ver que não vos encontrava!- ouviu a voz do Rúben e deu um pequeno salto tirando as mãos de cima dos ombros de Rodrigo.Olharam os dois para trás enquanto rapidamente se endireitavam no sofá.

-Queres alguma coisa é?-perguntou Daniela dando a entender que a sua vontade era de o expulsar dali.

-Estava só à vossa procura.É que eu e o mano temos de continuar com o campeonato, não é?-pegou num comando  e sentou-se  entre a Daniela e o Rodrigo quase que os obrigando  a criarem alguma distância entre eles.

-Ah..-Rodrigo olhou por uns segundos para Daniela que tal como ele não esperava que Rúben entrasse na sala e ainda estava meio atrapalhado.- Sim,vamos lá.- agarrou no outro comando.
 Daniela olhou para o Rúben que agia da forma mais normal possível. Agora a jogar com o Rodrigo, com ela fuzilando-o com o olhar, controlando a vontade de o expulsar da sala ao estalo! Se estava já no seu limite por Rúben ter a lata de aparecer quando o resto dos rapazes se abancaram também na sala e começaram a jogar aquele estúpido jogo viu que a noite estava perdida. O Rodrigo estava mais entretido naquela porcaria do que outra coisa…As horas “desperdiçadas “ naquele jogo não foram poucas e quando finalmente puseram o comando de lado estava na altura de irem cada um para a sua casa. Como Gonçalo,Laura e David iam embora, Rodrigo aproveitou para também se despedir do pessoal.

Daniela levantou-se e despediu-se dele com um beijo no rosto e depois observou-o virar costas, juntando-se a Gonçalo, Laura e David indo embora.

-Olha eu tenho algumas dores perto do ombro esquerdo, quando é que me podes dar aqui um jeitinho?- falou Rúben em tom de provocação perto do ouvido de Daniela, que imediatamente  se virou.

-Desculpa?

-Estavas a ser tão prestável ali com o Rodrigo aposto que não te vais importar de me fazer uma massagem também.

-Já pôs as mãos em cima de ti uma vez, dispenso ter de o voltar a fazer.

-Agora que falas nisto acho que devias mudar de profissão..primeiro massajas-me a mim depois ao Rodrigo, o teu lugar deveria ser como a massagista do SLB.- continuou a picá-la  gargalhando depois de falar.

-Vai à merda!-ela ia-se afastar mas ele puxou-a para perto dela.

-Tou só a brincar contigo, toma calma.

-Já devias ter percebido que eu prefiro nem te falar especialmente depois daquilo que fizeste à bocado!

-O que eu fiz?Ah!!- gargalhou.- Ficaste chatiadinha porque vim para a sala e tu já estavas praticamente em cima do mano, não te preocupes no caminho para casa arranjas um gajo qualquer,também para ti qualquer um serve não é?

-Olha tu.-Daniela levantou a sua mão direita e preparava-se para esbofetear Rúben mas ele agarrou-a pelo pulso.

-Hei tu tens mesmo de tomar calma!Vais-me bater agora?

-Tá tudo bem aí?- Isa falou ao ver que do outro lado da sala as coisas estavam a tomar outras proporções ,o resto do pessoal que ainda lá estava olhou para trás para ver o que se passava.

-Sim está.- Daniela falou e Rúben largou o seu braço. Com o olhar preso no dele, respirou fundo e afastou-se antes que voltasse a perder o controlo e lhe tentasse dar uma bofetada  foi para perto do sofá.-Está a ficar tarde vamos andando?

***

-Posso ir arrumar as tuas coisas no quarto.- disse Ola John depois de entrarem  dentro da sua casa. Arrumou as chaves no bolso e indicou à Áurea onde era o seu quarto. Ela abriu a porta e  entraram.Trazia uma mala um pouco maior do que usava habitualmente com umas peças de roupa que foi buscar a sua casa.

-Vou deixar aqui.- pôs  a mala em cima de um cadeirão que ali estava. Ao virar-se sentiu as mãos de Ola John a irem até à sua cintura.Puxa-a para ele  e uniu os seus lábios. Beijou-a com desejo, deixando as suas mãos estarem pousadas no fundo das costas de Áurea.  A língua dela foi ao encontro da dele. Tentando não tropeçar nos pés um do outro foram caminhando para a cama, caindo sobre esta. As mãos de Ola John ganharam vida e iam acariciando o corpo de Áurea.  As peças de roupa começaram a ir parar ao chão e sem pressas amaram-se.

***

Daniela chegou ao quarto, bateu com a porta e atirou a mala para cima da cama! Tinha os nervos em franja! Cada vez que se lembrava  do que Rúben lhe tinha dito ficava numa pilha de nervos! Ficou tão arrependida de não ter lhe dado uma valente chapada ali mesmo!Andava com as mãos na cintura de um lado para o outro no quarto quando o seu telemóvel tocou. Viu que era a sua mãe respirou fundo e sentou-se na cama.

-Estou.

-Olá filha.- tal como o habitual a sua mãe falou com aquela sua característica boa disposição.

-Olá  mãe, como está?

-Está tudo bem e contigo?

-Também um pouco cansada mas está tudo bem.

-Está mesmo tudo bem?- tal como os avós, a mãe de Daniela conhecia-a demasiado bem e notou pelo seu tom de voz que se passava algo.

-Sim, está mesmo tudo bem.- aqueles telefonemas da sua mãe eram a única oportunidade que tinha para conversarem as duas sobre o seu dia, terem aquele tempo de mãe e filha, Daniela não perdeu mais um segundo sequer a relembrar o que se tinha passado em casa de Javi.-Como correu o seu dia?

-O habitual querida, estive a trabalhar na empresa depois vim para casa, preparei o jantar e ainda telefonei à tua avó. E  o teu dia, como correu?Ouvi dizer que tinhas ido sair com o avô.

-Sim, fomos ao jogo. A mãe deveria ter visto a cara dele no estádio, estava todo contente, sempre com um sorriso na cara.- ela sorriu ao relembrar a cara do seu avô durante todo o jogo.

-O teu avô é um grande adepto do Benfica aposto que tenha ficado feliz da vida por ter ido a este jogo contigo.

-Sim, isso é verdade…Olhe mãe, já sabe se vem cá de férias?

-Sim, vou puder ir ter convosco. Tenho cerca de uma mês e meio de férias.

-A sério??- Daniela saltou  da cama e até o seu tom de voz se elevou com o entusiasmo.

-Sim querida,daqui a poucos dias vou marcar a viagem.

-Ai que bom!!Já tenho tantas saudades suas!- ao confessar aquilo umas lágrimas surgiram nos seus olhos. Há tantos dias que esperava por esta noticia, ia finalmente puder voltar a ver a sua mãe.-E os avós já sabem?

-Contei há pouco à tua avó, ela disse que  ia contar ao teu avô, o que por esta altura já deve ter acontecido.

A noticia que a mãe lhe tinha dado era sem dúvida o ponto mais alto daquele dia. Já era tarde mas quando estavam as duas ao telefone nem davam conta das horas.Ficaram mais algum tempo ao telefone mas como amanhã a mãe de Daniela teria de ir trabalhar acabou por se despedir dela.

***

O despertador tocou muito mais cedo do que habitual. Daniela tinha de estar mesmo muito cedo no estúdio para ainda ser feita a viagem até à praia, onde já no local da sessão iriam fazer a pintura que ia demorar umas longas horas….Levantou a cabeça da almofada olhou para o despertador e a última coisa que queria fazer àquelas horas era levantar-se da cama. Tinha-se deitado cedo, mas mesmo assim acordar àquela hora era tortura! A noite ia a meio mas mesmo assim tinha de ser. Tratou da sua higiene, vestiu um fato de treino, calçou uns ténis pegou num casaco e mala e foi para a cozinha.




Comeu uma sandes e agarrou num iogurte líquido para beber pelo caminho.  Foi ao encontro da equipa, que tal como ela não escondiam a vontade de se atirarem para cima de uma cama, mas tinham de começar o trabalho cedo. Durante a viagem de carro Daniela aproveitou para dormir mais um pouco, tal como o resto da equipa da revista mas quando lá chegaram não havia desculpas, apenas pôr mãos à obra.
 Numa pequena casa perto da praia pousaram o material para a sessão e enquanto a Miranda, a artista que a iria pintar e as suas duas assistentes,Filipa e Kelly espalhavam aqueles tão pequenos pincéis e tintas,  ela foi até ao quarto onde tinha sobre uma cadeira um roube, pois era mesmo isto que iria usar (e por breves segundos!). Despiu a sua roupa ,colocou-a sobre a cadeira e vestiu o roupão. 
  Voltou para perto da Miranda e das suas assistentes. Apesar de haver uma grande equipa da revista ali presente, grande parte saiu dando alguma privacidade a Daniela. Ela abriu o roube e estava na altura de começar. No início com aquelas pinceladas, com a tinta fria não pode deixar de ficar um pouco arrepiada, mas logo se habituou.





Permanecer quieta durante todo aquele tempo não era NADA fácil mas assim tinha que ser.Ia bebendo algumas chávenas de café para se manter acordada e foi tentando controlar a respiração.  Até isso podia "afectar" a pintura…foram cerca de 12 horas!12 horas! Daniela já não aguentava mais estar ali sem mexer um músculo, quando finalmente lhe disseram que iam agora até à praia fotografar pode finalmente respirar fundo.
A tarde tinha começado há algumas horas, o sol estava agora no alto.Com um leve cobertor sobre o corpo Daniela caminhou pelo areal com o resto da equipa da revista.

Uma das assistentes segurou o cobertor e o fotografo agarrou na sua máquina. Daniela tinha noção que a pintura estava feita e que de certa forma estava “vestida” com aquela “segunda pele” mas mesmo assim levou uns minutos para se começar a sentir mais confortável. 








Não era propriamente um dia de Verão e ao começar a chuviscar Daniela voltou a enrolar-se no coberto e pelo caminho o fotografo mostrou-lhe as fotos. Daniela adorou-as! Tinha ficado receosa com esta história do body paiting,mas depois de John lhe explicar como realmente seria e lhe mostrar vários exemplos de outras sessões decidiu arriscar e agora sabia que tinha tomado a decisão certa. Tinha adorado o resultado e mal esperava para mostrar a toda gente.
Vestiu a sua roupa  mesmo por cima da pintura despediu-se da equipa e foi embora.

-Boa tarde!!-disse Daniela com grande alegria ao entrar na sala que estava praticamente vazia, apenas com Áurea junto de Ola John aconchegadinhos .

 -Olá.- Ola John olhou-a e falou com um sorriso.

-Olha quem é ela, como correu a sessão fotográfica?

-Demorou 12 horas para ficar pronta mas valeu a pena, foi fantástico!Olhem só.- afastou um pouco o casaco mostrando um pouco da alça do “bikini” que tinha sido pintado no sua pele.

-Tá brutal.-Áurea levantou-se e olhou atentamente para perto do pescoço de Daniela.-E quando vamos puder ver as fotos?

-Para o próximo mês.- disse ajeitando o casaco.

-O mano vai adorar ver isto…-comentou Ola John falando para "os seus botões".

-O mano não tem que gostar ou deixar de gostar!- respondeu Daniela usando as palavras de Ola John.-Olhem vou para o meu quarto que eu tenho de tirar esta tinta de cima de mim.

***

No duche Daniela conseguiu retirar toda a pintura que tinha sido posta no seu corpo por Miranda e como não planeava sair mais de casa vestiu um pijama e voltou para a sala.

-O teu queridinho já foi embora?-perguntou ao ver que desta vez Áurea não estava acompanhada.

-Ele teve de ir treinar.- respondeu enquanto Daniela se atirou para  o sofá sentando-se ao seu lado e demostrando algum cansaço.- Tá tudo bem contigo?

-Sim, estou é cansada…Tive de acordar mesmo muito cedo e aquela pintura demorou horas…-disse bocejando.

-Mas conta melhor como é aquilo mesmo.

Com algum sono à mistura, contou-lhe todo o processo do body paiting e ainda lhe falou sobre a sessão mas acabaram por ser interrompidas pela Isa, que mais uma vez tinha assumido o papel de “dona de casa”.

-Estou a pensar fazer canelones de carne picada com uma saladinha para o jantar, que me dizem?

-Acho muito bem, que estou demasiado cansada para ir para a cozinha.-respondeu Daniela pousando a cabeça no sofá e fechando os olhos.

-Por mim é na boa, se precisares de ajuda diz.- disse Áurea.

-É verdade, ainda não me falaste da sessão. Quando acordei já tinhas saído.-Isa sentou-se na beira do sofá quando falava.

-Tive de sair de casa muito cedo, e resumidamente tive 12 horas a ser pintada e só depois pudemos fotografar.

-Por uns momentos eu ainda pensei que não fosses mesmo com esta ideia para a frente, mas pelos os vistos enganei-me.-confessou Isa que apesar de conhecer Daniela e saber que ela se guiava muito por estas suas ideias “malucas”, durante alguns dias ainda duvidou que esta sessão fotografia fosse realmente acontecer.

-Porquê que achaste isto?

-Por causa daquilo com o teu avô,porque não ias estar propriamente vestida e também depois daquilo que aconteceu com o Rúben…

-O que queres dizer com aquilo que aconteceu com o Rúben?- perguntou Daniela não entendendo qual era a relevância do Rúben no meio disto tudo. 

-Oh Daniela tu podes querer esconder de quem quiseres, mas para nós as quatro já se tornou bastante óbvio que ele mexe contigo.

-Ele mexe é com o meu sistema nervoso! O gajo parece que não joga com o barulho todo, tá me sempre a chatear, a meter o bedelho onde não é chamado e depois anda a fazer-se amiguinho do meu avô só porque sabe que isso me irrita profundamente!

-Não acho isso, ele dá-se realmente muito bem com o teu avô. E aposto que o senhor Henrique não se ia importar de o ter como neto.- Áurea falou com um sorriso.

-Porra, mas vocês querem-me assim tanto mal!-elas gargalharam com a resposta dela.-O que vocês estão aí a insinuar NUNCA vai acontecer!

-Tanto tu como ele podem não querer admitir mas todo o pessoal sabe que ambos querem o mesmo.-disse Áurea, que tal como Isa continuava com um sorriso ao ver como aquele assunto mexia com Daniela, ou melhor como o Rúben mexia com ela!

-Mas tu não ias fazer o jantar? E tu não a ias ajudar?- elas voltaram a gargalhar ao ouvir Daniela.

-Muda de assunto, mas sim, vou fazer o jantar- Isa  e Áurea levantaram-se e Daniela ao ver elas as duas a afastarem-se voltou a deitar a cabeça sobre uma almofada fechando os olhos.- Sonha com o Rubinho…-Isa sussurrou ao ouvido esquerdo de Daniela fazendo-lhe uma festinha no cabelo.

-Vai à merda!!- pegou na almofada e atirou a Isa que gargalhava com a forma “enfurecida” como Daniela tinha despertado.

***

Devido à sessão fotográfica de ontem Daniela dormia que nem uma pedra. As raparigas tinham-se levantado perto das novas horas e seguiram para a cozinha.
Cada uma preparou o seu pequeno almoço e sentaram-se a comer. Isa e Olivia não se mantinham a par da conversa pois tinham nas suas mãos os seus pequeno utensílios electrónicos nas mãos.

-Meninas, tenho uma proposta para vos fazer!- falou Isa pousando o telemóvel sobre a mesa pela primeira vez durante todo o pequeno almoço. Quando viu que tinha os olhos de todas elas postos nela continuou.- O Javi vai treinar, perguntou se queria ir e como não quero ir sozinha, querem vir comigo?

-E onde é que eles treinam?-perguntou Áurea depois de beber um pouco de café.

-É…-Isa pegou no telemóvel olhando e relendo o sms que Javi lhe tinha enviado.-No Caixa Futebol Campus.

 -Sabes onde é ?

-Nunca lá fui mas o Javi explica-me onde é, isto não é um problema.

-Então podemos ir.-todas concordaram com Áurea e depois do pequeno almoço  iam seguir para o local de treinos que Javi tinha falado a Isa.

-Agora há uma coisinha que temos de fazer antes de sair que não vai ser pêra doce…-Isa falou fazendo com que todas a olhassem.

-O quê?

-Convencer a  Daniela a vir connosco.Para além de tar feita Bela Adormecida não me parece que vá querer... Começa logo com aquelas desculpas de não entender nada de futebol, mas não passam de tretas para não dar de caras com o Rúben.

-Deixem estar que eu convenço-a. -Helena falou convencida que poderia mesmo convencer Daniela a juntar-se a elas.-Vou falar com ela.- deixou a sua loiça do pequeno almoço no lava loiça e saiu da cozinha indo para o quarto de Daniela



Olá meninas!
Espero que tenham gostado do capitulo, ando meia atarefada mas fiz um esforço para escrever!
Agora quero ler os vossos comentários,sim?
beijinhos!!!!



4 comentários:

  1. Olá!
    Tu já sabes a minha opinião quanto à Dani e ao Rúben. Eles são duas almas perdidas uma pela outra. Estava a imaginar a Daniela a olhar para o Rodrigo e só conseguia imaginar uma leoa à procura da presa. E depois chega o Rúben... Bem, ele é o Leão, não é? Tem pose disso. Ahahahah Não há cura para estes dois. Esta sessão... Adorei, sabias? Já tinhas estado a ver umas imagens na net e gostei imenso desta tua ideia. Quando sair o resultado final... Aí é que me vou rir. xD
    E a Áurea e o Ola John? São tipo: o casal mais fofo de sempre!
    Próximo!
    Beijinhos!


    PS: Obrigada pelo capítulo. Estava mesmo a precisar.

    ResponderEliminar
  2. Lindo lindo era se o Ruben tivesse aparecido na sessão da Dani loool

    Ah e quero mais!!!!

    Beijocas

    ResponderEliminar
  3. Acabei de ler e já lia mais... publica rápido por favor...
    Adoro...
    Bjs

    ResponderEliminar