sábado, 17 de janeiro de 2015

Capitulo 25-Lipe!


Já depois do janta ter terminado Daniela continuava com aquele ar de que dentro de minutos ia embora .Rúben aproximou-se dela colocando o seu braço esquerdo por cima dos seus ombros.Ao puxá-la para ele fez com que lhe que olhasse franzindo a testa, e então quando Rúben levou a sua mão até à perna, deixando-a ficar posada na coxa tendo Daniela lhe fuzilado com o olhar.

-Este fim de semana há jogo na Luz, não queres ir?-sussurrou-lhe ao ouvido com grande naturalidade.

-Sabes que  não gosto de futebol!-disse e tirou a mão de Rúben da sua coxa.

-Mas podias  ir simplesmente porque te estou a convidar...

-Pois agradeço o convite mas não...Aliás já é tarde e como já jantamos vou me embora.-quando terminou de falar tirou o braço de Rúben que estava sobre os seus ombros e levantou-se.

-Dani ainda é cedo.

-Tu disseste que tinha de cá ficar para jantarmos, e já jantamos por isto vai abrir a porta se faz favor.-não lhe dando outra opção Rúben acabou por se levantar e foram os dois até à porta.Mas assim que abriu esta puxou Daniela pela cintura. Estando já pronta para sair foi apanhada de surpresa, e quando os seus lábios tocaram nos de Rúben não mexeu um músculo.Com as mãos no fundo das costas de Daniela puxou-a ainda mais para perto dele anulando a distância entre eles por completo. Daniela por longos segundos correspondeu ao beijo de Rúben mas quando “caiu” na realidade afastou-o.Olhou-o e dando alguns passos atrás saiu.

***

Pela manhã Daniela saiu acompanhada pela sua mãe. Ao chegar a casa Daniela foi para o seu quarto, pegando no seu caderno e colocando uma manta sobre as pernas ficou entretida com a escrita.

-Sim...-disse Daniela depois de ouvir baterem à porta.

-Olá!

-Olha a minha sorte...O que queres Rúben?!-ao vê-lo entrar fechou o caderno e atirou para dentro de uma das gavetas da cabeceira.

-Sabia que ias começar logo com os teus filmes por isto toma lá calma e vê o que trouxe para ti!-em cima da cama colocou uma caixa e ao abri-la saiu um pequeno cachorro.Ainda meio desnorteado o pequeno Pug deu os primeiros passos sobre a cama de Daniela.Sendo Daniela incapaz ficar indiferente aquela fofura!

-Oh!-pegou no cachorro colocando-o perto do seu peito, dando-lhe alguns beijos na nuca.-Porque foste arranjar um cão?

-É para ti!

-Para mim?

-Sim, gostas?-perguntou-lhe com um sorriso.

-Rúben já te tinha dito que não queria mais presentes!Desculpa mas não posso aceitar o cão..- disse isto e posou o cão sobre a sua cama.

-Nós já tínhamos falado sobre isto Dani, não vou deixar de te oferecer seja lá o que for só porque me dizes para não o fazer!

-E eu já te disse que não vou ficar com o cão e pronto!

-Ok como queiras...E como também não posso ficar com ele vai ter que voltar para o canil.-disse Rúben pegando no pequeno cachorro e colocando-o dentro da caixa.

-Espera!Vais levá-lo para um canil?

-Se não posso ficar com ele em minha casa e tu não o queres, para onde o vou levar Dani?

-Mas ele é tão pequeno!

-Pois mas trouxe-o para ti e não o queres..-Daniela soltou um suspiro ao ouvir Rúben 
enquanto olhava para aquela carinha tão fofinha!O pequeno pug continuava no colo do Rúben com aquele ar impossível de resistir!

-Ok, eu fico com ele!-disse e tirou-o do colo do Rúben levando-o para o seu começando a dar-lhe miminhos.

Rúben sentou-se na beira da cama observando-a. Dava festinhas e mesmo beijos na testa do cachorro com um sorriso de orelha a orelha, como uma criança quando recebe um brinquedo novo.

-Já tens ideia de qual o nome que lhe queres dar?-Daniela olhou-o.

-Hmm...Deixa cá ver..-pôs-se a olhar para o cachorro e depois falou.-Lipe!

-Lipe?

-Sim.

Falou para depois continuar a dar miminhos ao Lipe. Passaram alguns minutos e depois foram os dois com o Lipe até à sala.As raparigas ao verem Daniela entrar com o Pug no colo logo começaram com as suas perguntas e se aproximaram para lhe fazerem algumas festinhas

-Ele é mesmo tão fofinho!Como se chama, Dani?-perguntou Helena depois de fazer uma festinha na cabeça do cachorro.

-Lipe!

-Lipe??-Isa sorriu enquanto falou.

-Sim Lipe.

-E diz me uma coisa isto por acaso não é o diminutivo de Filipe, que por acaso é o segundo do Rúben?!-Daniela olhou-a arregalando os olhos,para depois olhar para o Rúben com meia atrapalhada.

-Não!Simplesmente gosto do nome,mais nada!

-Ya Dani conta-me histórias...-as raparigas riram com o comentário da Isa.

-Bem eu vou andando...Se precisas de alguma coisa é só dizeres.-Daniela olhou-o.

-Está bem...E obrigada.-Rúben ao ouvi-la sorriu, aproximou-se e deu-lhe um beijo no rosto para depois da sala.

-Oh que fofinhos que eles andam!!!

-Deixa-te cenas Isa!-falou Daniela sentando-se no sofá com o Lipe no seu colo.

-Desculpa mas isto de dares nome ao cão por causa do Rúben só mostra que estás mesmo apanhadinha!

-Eu só gostava de saber é onde viste alguma parecença entre o Rúben e o cachorro, é que por mais que olhe para a cara do bicho não entendo!-  o comentário da Olivia  fez gerar uma gargalhada geral, excepto Daniela que as olhava .

-Vocês importam-se de parar com estas infantilidades! Não tem nada haver com o Rúben! Gosto do nome, só isto!

-Gostas e não é pouco ali do Ruru mas não queres é admitir!

-Ok pronto já vi que não se vão calar tão cedo com as vossas parvoíces por isto vou andando!

Agarrou no Lipe e saiu da sala querendo fugir aquelas bocas das raparigas.Enquanto Lipe ficou a conhecer os cantos do quarto de Daniela, ela mudou de roupa e depois voltou a levá-lo para o seu colo. Agarrou nas chaves de casa e saiu.Para além de ter levado Lipe a passear no parque ,antes de irem para casa parou numa loja de animais.Aí comprou tudo o que o cachorro poderia precisar. Desde os bens necessários até uns peluches e roupas para o Lipe!
   Chegou a casa deixou os sacos com as roupas,peluches  no seu quarto e foi colocar a taça com a sua comida e ainda uma pequena caminha para Lipe. Ele foi de imediato para perto da taça de comida e quando estava satisfeito voltou para perto da Dani para receber mais mimos, pois mesmo estando com ela à umas horas já se tinha tornado um mimado!

-Olá filha..De quem é este cão?

-É meu!Chama-se Lipe.- respondeu Daniela à mãe com um sorriso.

-Mas compraste um cão?

-Não, foi o Rúben é que me  ofereceu.

-A sério?

-Sim mas não comece como as raparigas a fazer já filmes, eu nem queria ficar com o cão só que ele disse que então teria de o levar para um canil e já viu como ele é tão pequenino...Não ia deixar que uma coisa tão fofinha fosse para um sitio destes!-agarrou no Lipe e começou a dar-lhe alguns beijos na cabeça. Sofia sorriu ao ouvi-la, aproximou-se “cumprimentando” Lipe com um festa na cabeça.

-E vocês falaram?

-Como assim?

-Disseste que o Rúben esteve cá em casa,então perguntei se tinham falado?

-Mãe não aconteceu nada.Já lhe disse que eu e o Rúben somos apenas amigos.

-Filha eu conheço-te bem demais, não vale a pena vires com estas conversas que comigo não cola. É que até ficas com um brilhinho nos olhos cada vez que falas nele!

-Ai mãe por favor..-disse colocando Lipe no seu colo, virando o rosto.

-Já entendi que preferes não falar por isto não toco mais no assunto...Daqui a pouco vou ir a casa dos teus avós queres vir também?

-Sim,sim.

Sofia ficou mais uns minutos na sala e depois foi até à sala, tendo  a Isa vindo fazer companhia a Daniela,roubando Lipe dos seus braços.

-Ele é mesmo tão fofinho!-disse antes de lhe espetar o beijo  na nuca e colocar o bicho no chão.- Espero que tenhas agradecido ao Rúben como deve ser!

-Olha é que nem comeces!Sim porque bastou aquele vosso esquemazinho todo de ontem à noite!

-Oh Dani deixa de ser desmancha prazeres!Podes não querer admitir mas querias aquele tempinho a sós com o Rúben, nós só contribuímos para que isto acontecesse...E já agora como foi a noite?

-Como te disse não aconteceu nada!Só jantei lá porque fui obrigada!E assim que terminamos de jantar vim embora.

-Tás a brincar?

-Não,e se soubesse que me ias levar para um jantar a sós com ele nem tinha saído de casa!Que seja a ultima vez que tu e o Javi alinharam nos planos malucos do Rúben!

-Fizéssemos o que fizéssemos porque é óbvio que vocês precisam de um tempinho de qualidade a dois!

-Vamos mas é mudar de tema de conversa antes que a coisa azede!

-Ok pronto. Olha no fim deste mês é o teu aniversário já sabes o que vais queres fazer?

-Não ainda não pensei nisto..Mas como a minha mãe está cá provavelmente vou fazer com família e amigos.

As raparigas estiverem a conversar mais algum tempo mas quando a mãe de Daniela voltou à sala foi uma questão de minutos para ela abandonar a sala acompanhada por Lipe,que também foi com elas a casa do Sr.Manuel e da Sra.Inês.

***

Depois de mais um treino Javi rumou até à casa das raparigas.Isa já o esperava , indo os dois até à sala de jantar. No meio da conversa, durante o jantar, Javi mencionou algo que fez com que Isa logo tivesse uma daquelas suas fantásticas ideias!

-O Rúben faz anos dia 27!Isto é fantástico!

-Porquê?-perguntou Javi confuso com todo aquele entusiasmo de Isa.

-Porque a Dani faz anos dia 28!

-A sério?

-Ya,seria tão giro se eles fizessem uma festa em conjunto!-Javi soltou uma gargalhada depois de a ouvir.

-Achas mesmo que a Dani ia concordar a uma coisa destas?!

-Pode não parecer fácil mas se insistir no assunto ela é capaz de aceitar.

-Mi amor não acho boa ideia nos metermos, pelo que o Rúben me contou o jantar de ontem não correu muito bem. A Dani não deve ter gostado nada de termos andado com aqueles planos todos nas suas costas,e agora  esta ideia da festa em conjunto...Não sei...

-Oh mas sei eu! Conheço a Dani à vários anos e mesmo que não ache piada ao inicio, mas tenho as minhas maneiras de a fazer mudar de opinião!

***

Ao chegar a casa Isa procurou por Daniela.Encontrou-a na sala a ver televisão.Ao sentar-se ao pé dela, Daniela pegou no cobertor que cobria as suas pernas e colocou também sobre as pernas de Isa.

-Como correu o jantar com o Javi?

-Bem.-respondeu e sorriu.-E tu ficaste por casa?

-Sim jantei com a minha mãe e com a Helena.

-As outras não estão em casa?

-Nop. A Áurea está em casa do John e a Olivia com o Rui.

-Hmm...Dani tenho uma coisinha para te perguntar...Ou melhor é uma sugestão...

-Porque é que quando começas a falar neste tom eu fico com medo do que aí vem!

-Não precisas de ter medo,como disse é uma sugestão apenas!Então...O teu aniversário é daqui a umas semanas e sabes quem também faz anos no fim do mês?-Daniela olhou-a com ar confuso.-O Rúben!

-E o que é que eu tenho haver com isto?

-Acho que seria boa ideia festejaram juntos os vossos aniversários!

-Deves estar a brincar!

-Oh Dani juntávamos todo o pessoal e fazíamos uma grande festa!

-Mas porque é que tu tens sempre estas ideias malucas!Isa porque raio eu iria fazer a minha festa em conjunto com a do Rúben?!

-Vê isto como uma forma de matar dois coelhos de uma cajadada só.Nós até que podemos estar habituadas a noitadas mas achas mesmo que o resto do pessoal vai aguentar uma de dois noites seguidas?!A maior parte vai-se baldar e na tua festa de aniversário nem aparecem meia dúzia de gatos pingados.-os argumentos de Isa não era propriamente os melhores,mas estava convencida a fazer de tudo para convencer Daniela.

-Mesmo assim...Não sei...

-Se quiseres pergunto ao Rúben mas tenho a certeza que vai concordar.

-Está bem Isa mas lembra-te que não concordei ainda com este teu plano!

-Sim,sim Dani.Olha até quando a tua mãe fica cá?

-Até dia 29....Olha está ficando tarde e nós vamos para a cama!

-Nós?

-Sim,eu e o Lipe!-disse Daniela e agarrou no pequeno cachorro que dormia na outra ponta do sofá.E quando o tinha no seu no colo logo lhe encheu de beijos na nuca.

-Já vi que isto agora é o teu bebé!Lipe Pereira Amorim!

-Sim é o meu bebé mas de Amorim não tem nada!

-Que ideia...Nem deste o nome ao cão por ser um diminutivo do segundo nome do Rúben nem nada.-falou Isa com sarcasmo.

-Boa noite Isa!!

Sem querer continuar naquela “guerra” com Isa ,Daniela saiu da sala com Lipe no seu colo indo em direcção do seu quarto.

***

Não querendo deixar o assunto cair no esquecimento Isa pela manhã telefonou a Rúben. Afinal se Daniela  ainda estava com dúvidas quanto a fazerem a festa de aniversário em conjunto, saber qual a opinião de Rúben poderia ajudar a tomarem uma decisão. Ao ser acordada com os “gritos” de Isa, Daniela não se levantou da cama com bom humor mas acabou por fazê-lo pois se continuasse a dormir Isa não se iria calar! Vestiu uma camisola,e umas leggins,foi à casa de banho tratar da sua higiene pessoal e antes de sair deu uma leve festa a Lipe que dormia aos pés da sua cama.

-Ok agora explica me lá por me ac...-Daniela falava ao entrar na cozinha mas ao ver que não só estava Isa sentada à mesa como  também Rúben nem terminou de falar.-A sério Isa?!

-Bom dia para ti também, Dani.-respondeu Rúben aquela reacção de Daniela.

-Não comeces já a refilar e vem te sentar aqui.- Daniela fez o que Isa disse se e sentou-se entre eles os dois.-Já falei ao Rúben sobre juntarmos as vossas festas de aniversário e ele achou boa ideia!Só falta mesmo tu concordares Dani.

-Eu já te tinha dito que ainda não tinha a certeza quanto a isto da festa e acordares me para vir discutir este assunto não ajuda em nada!

-Por uma vez  na vida podes por o teu mau humor de parte e considerar as coisas.-ao ouvir Rúben, Daniela logo o olhou.

-Não é mau humor!Simplesmente ainda não decidi, e andarem a pressionar-me não ajuda!

-Mas tens de compreender que caso concordes temos de começar a preparar os detalhes da festa com antecedência.

-Sim Isa...Eu prometo que antes do fim de semana terminar digo algo!Agora vou voltar para a cama...- Daniela falou e empurrando a cadeira ,levantou-se.-O que é que queres?-perguntou ao chegar perto da porta do seu quarto e ter visto que Rúben lhe tinha seguido.

-Venho ver o Lipe!Não estava na sala,nem na cozinha, deve andar pelo teu quarto...-falou Rúben passando por Daniela e entrando no quarto.

-E desde quando é que tens vir ver o Lipe?

-Mas há algum mal em  vir ver o nosso cão?

-O nosso cão?!O Lipe é meu. Não sei se te lembras mas foste tu que me ofereceste,aliás até disseste que não podias ficar com ele e tudo!

-Só disse isto porque sabia  que ele ia ficar muito melhor contigo mas fui eu que  o fui buscar por isto é nosso...Ele tem se habituado bem?-Rúben mudou de tema de conversa, quando já tinha Lipe sobre as suas pernas.

-Sim até que sim...

Rúben ficou mais uns minutos no quarto fazendo algumas festa no Lipe,mas depois de o voltar a deitar sobre a cama levantou-se indo em direcção  da porta.

-Vais à Luz logo à noite?

-Não sei...

-Gostava de te ver lá hoje mas tu é que sabes...-aproximou o seu rosto do dela e beijou-a na bochecha.-Até logo.


Olá meninas!
Peço imensa desculpa por demorar tanto a postar mas tem se tornado um pouco dificil escrever..Espero que compreendam,e que continuem a acompanhar a história..
Mas fiz um esforço e aqui tem o primeiro capitulo de 2015!E prometo que em Fevereiro volto a postar, pois vou começar a trabalhar no capitulo 26 ;)
Gostaria de saber se este capitulo está do vosso agrado?Fico à espera das vossas opiniões! )
Beijinhos!!

7 comentários:

  1. Perfect e está na hora da Dani ceder um pouco, não?
    O cão é tão fofo e o Rúben tão querido
    Quero mais, please
    Beijinhos
    Nana

    ResponderEliminar
  2. Ola : )
    Adorei! A sério que estes dois nunca mais se entendem?! Dá lá o jeitinho e junta-os :p
    Aguardo o proximo!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Já tinha saudades de ler :)
    Gostei do capítulo mas preciso de mais!!!!
    O nome do cachorro fez-me recordar uma certa conversa ahaha
    Continua
    Bjs

    Mari

    ResponderEliminar
  4. Olá:
    Este casalinho é demais, nunca se sabe o que vai sair dali...
    Quero mais!!!
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Estava mortinhaaaa de saudades destes dois!
    Mas agora quero mais!!!!

    Bjokinhas
    Maria

    ResponderEliminar
  6. Olá!
    Eu confesso que estou completamente do lado da Daniela. Se a Isa fosse minha amiga as coisas iam ficar feias com as ideias mirabolantes dela! E o Ruben às vezes também me enerva, admito! Foi ultra fofo dar lhe o cão mas depois chega ali e diz "nosso"? Foi do género "montar uma armadilha " (comprar o cão para ela, dizer que se ela não fica com ele então ele tem de o deixar num canil) para agarrá lo no sentido de criar algo que é comum aos dois. É fofo sim, mas se fosse comigo, eu passava-me. Odeio ser enganada, "manipulada", que me passem a perna!
    É por isso que o Ruben por vezes me enerva porque por vezes "engana" a Daniela para lhe dar a volta. E eu gosto de sentir que as mulheres são mais inteligentes, mais perspicazes e que ninguém lhes dá a volta. E no fim aparece sempre um homem que desregula a mulher e a sabe convencer. Isto devo ser eu como mulher que me gosto de sentir invencível xD
    E eu divaguei tanto que nem sei se percebeste alguma coisa. Resumidamente: eu quero mais!!!

    Beso
    Ana Santos

    ResponderEliminar