sábado, 2 de maio de 2015

Capitulo 28-"O teu sorriso Dani,este teu brilho nos olhos sempre que olhas para o Ruru."


Assim que entraram na festa forma recebidos pelos convidados.Logo aí Rúben e Daniela se separaram,pois foram cumprimentar os familiares e amigos.Durante os primeiros tempos estiverem perto destes mas sempre trocando alguns olhares fazendo mesmo nascer nos lábios de Daniela e Rúben um sorriso.

-Agora já nem te dás ao trabalho de disfarçar...-sussurrou Olívia a Daniela, rindo.

-Hãn?

-O teu sorriso Dani,este teu brilho nos olhos sempre que olhas para o Ruru.

-Deixa de ser parva!Estou na minha festa de aniversário é suposto estar contente.

-Claro,mas este sorriso não é de felicidade é aquele sorriso parvo de quem está apaixonado...

-Lá tinha que vir a conversa de apaixonada!Somos amigos apenas!

-Claro,claro.-disse com um sorriso bebendo de seguida um pouco da sua bebida.

Como já se aproximava da meia noite a mãe do Rúben ,querendo ainda aproveitar as ultimas horas do dia de aniversário do filho, chamou a atenção de todos os convidados.Após dizer algumas palavras passou num grande ecrã um video.Rúben por esta altura tinha voltado para perto de Daniela e mantendo o seu corpo perto do dela assistiam ao video.Desde fotos do Rúben em pequeno, até depoimentos de alguns familiares,entre os quais seus pais e irmãos, a mais algumas fotografias que mostravam o percurso profissional de Rúben.Quanto este terminou Rúben foi agradecer à mãe e todos aqueles que ajudaram a realizar aquela surpresa.Pouco depois trouxeram os bolos de aniversário e cantaram os parabéns aos dois aniversariantes. 
De seguida Rúben aproximou-se de Daniela agarrou-a pelo pulso e com um sorriso nos lábios levou-a para a pista de dança.Juntou o seu corpo ao dela e esquecendo que estavam numa sala cheia de caras que lhes eram conhecidas ficaram bem juntinhos balançando ao mesmo ritmo.


Como é óbvio isto não passou despercebido a nenhum dos convidados,mas sabiam que ao fazer qualquer tipo de comentário ou menos um olhar “suspeito” ia fazer com que Daniela se afastasse. Deixaram-se ficar na pista pelas horas seguintes e só quando grande parte dos convidados começaram a ir embora é que Daniela e Rúben tomaram noção das horas que eram. Quando já estavam praticamente sozinhos no local da festa, Rúben entrelaçou a sua mão na de Daniela e levou-a dali para fora.

-Rúben tenho de ir para casa com elas.

-Não, hoje ficas comigo.-Daniela franziu a testa ao ouvi-lo.-Só te peço que venhas comigo.

-Está bem.

Respondeu-lhe lançando-lhe um sorriso,sem olhar para trás e de mãos dadas entraram no carro de Rúben.Daniela não fez qualquer pergunta pelo caminho, pois sabia que Rúben não lhe ia dar qualquer pormenor de onde iriam,só quando lá chegou é que se apercebeu do que ele tinha andado a planear.

-Então deixa ver se percebi...Levas me da festa sem me dizer para onde vamos,durante todo o caminho não falaste uma palavra sobre como ia ser a nossa noite e agora, pelo que vejo, trazes-me para um hotel na tentativa de termos uma noite romântica.- disse Daniela pouco depois de entrarem no quarto,querendo se meter com ele, falando com um sorriso nos lábios.

-Nada disto!-falou Rúben fazendo-se  de inocente.-Isto era uma surpresa e como tal não te podia dizer para onde íamos,durante o caminho não falei porque queria aumentar o suspense e trouxe-te comigo até aqui porque depois da tarde que tive passada na loja de tatuagem estou mesmo a precisar de miminho...-terminou fazendo beicinho o que fez Daniela gargalhar.

-A precisar de miminho?-voltou a soltar uma audível gargalhada.-Só te fiz ganhar coragem para ires com esta ideia para a frente Rúben.

-Eu sei,eu sei...-aproximou-se dela.

Agarrou-a e puxou-a para perto dele.Deu início a uma serie de beijos.Primeiros nos lábios de Daniela para de seguida passar para o pescoço.Sem afastar os seus corpos foram andando até perto da cama.Ao chegar perto desta caíram ficando Daniela por cima..Assim que ficaram deitados Rúben aproveitou a oportunidade e levou as suas mãos ao vejo de vestido de Daniela.Mantendo os seus lábios colados, abriu este e mando-o para o chão. Separou,segundos depois, as suas  bocas descendo pelo o seu pescoço e parou ao chegar aos peitos de Daniela.Ainda por cima do soutien,encheu aquela zona do corpo de Daniela de beijos. Voltou a descer com suas mãos mas desta vez ele deixou-as parar nas suas coxas,puxando-a para ele. Sem separarem os seus lábios, Daniela que tinha as mãos nos ombros dele levou-as até ao delineado pela camisola de Rúben,mandando esta também para o chão. As mãos de Daniela percorreram o tronco dele, sem qualquer pressa… Primeiro pelo seu peito, de seguida pelos abdominais,parando nas calças dele, voltando outra vez a subir. Beijou-o nos lábios por alguns segundos e depois beijou os seus abdominais. Aí deu uso à sua língua tocando em cada pedaço da pele dele,enquanto Rúben a observava atentamente. Puxando para cima,Rúben deixou a sua mão direita descer pelo tronco de Daniela e só parou ao tocar na parte mais sensível do corpo dela... Assim que o fez ouviu-se um gemido vindo da boca de Daniela. Ele não parou por ai e mesmo por cima do tecido fez o possível para que ela ficasse completamente fora de si. Não querendo terminar por ali beijou o corpo  dela, descendo em linha recta. Parou onde ele à pouco tinha usado a sua mão direita. Tirou-lhe a tanga e  atirou-a para perto do resto da roupa. Daniela logo depois sentiu os lábios dele na sua barriga, enquanto ele continuava com as caricias... Agora Daniela não conseguia controlar os gemidos que eram bem audíveis. Quando não aguentava mais com aquilo agarrou os braços de Rúben e puxou-o. Daniela viu assim uma forma de deixá-lo também no mesmo estado em que ela se encontrava. Assim que ficou sobre ele, as suas mãos foram ao fecho das calças dele. Abriu-as rapidamente e mandou-as ir fazer companhia ao resto da roupa! Não estava para perder tempo e retirou-lhe  também os boxers. A sua mão desceu pelo tronco do Rúben e parou onde sabia que ia lhe levar ao máximo.Com a sua mão direita ia fazendo com que ele ficasse no mesmo estado que ela.Sentou-se sobre a sua cintura e ele levou as suas mãos até às alças do soutien de Daniela. Retirou cada uma delas a seu tempo e depois  abriu o fecho deste. Viu-se livre do soutien e levantando o seu tronco beijou peitos de Daniela mas estando agora estes completamente despedidos.
Pouco depois Rúben tirou um dos preservativos mas  Daniela “roubou-o” da mão dele e tratou do resto. Entregaram-se um ao outro até ficarem sem forças adormecendo nos braços um dos outros.

***

Rúben acordou e ao olhar para o seu lado esquerdo sorriu.Daniela dormia que nem um anjo.Ficou uns segundos a mirá-la e depois levantou-se com imenso cuidado para não a acordar.Pediu para trazerem o pequeno almoço ao quarto e só depois de este chegar é que se aproximou da Daniela.Sentou-se na cama, inclinou-se e beijou-a no pescoço.Pouco depois foi subindo, beijando-a de seguida no rosto e por fim nos lábios. Ela acordou com os beijos de Rúben e de imediato respondeu a estes.Rúben separou as suas bocas para lhe avisar que tinham vindo trazer o pequeno almoço.

-Hmm ainda bem.Estava cá com uma fome..-disse Daniela aproximando-se do 
tabuleiro de comida,com um lençol enrolado no seu corpo.Acabando por fazer Rúben sorrir ao observá-lá.

-Mas espera, que tenha algo para ti.

-Hãn?-Daniela olhou-o.

-Toma.-deu-lhe uma caixa negra e assim que Daniela a agarrou Rúben deu alguns passos em frente e uniu os seus lábios por rápidos segundos para depois se sentar na cama olhando-a.

-O que é isto?

-É o teu presente,Dani.-ela olhou-o e depois abriu a caixa.Olhou com ar surpreso e mesmo confuso.-Gostas?


-Rúben é lindo mas.

-Mas nada.-levantou-se e foi para perto dela.Da caixa tirou o colar abriu este e colocou-o em volta do pescoço de Daniela.-Não deves ter reparado que  na parte da frente do colar falta uma pequena pedra mas está aqui.-disse e virou a pequena chapa de metal do colar mostrando que no lado oposto estava apenas uma das pedras brilhantes.-E isso para  te mostrar, que tal como esta pequena pedra que vai estar sempre bem perto de ti também eu vou fazer o mesmo.

Daniela olhou-o sem reacção.Levou a mão até peito e tocou no colar,baixando depois a cabeça ficando a olhar para a peça de joelheira que Rúben lhe tinha oferecido.Voltou a encará-lo e respirando fundo falou.

-Rúben o colar é lindo mas não sei se consigo aceitar..

-É que nem penses!-respondeu Rúben rapidamente.-Comprei-o a pensar em ti Dani,faço questão que fiques com ele.-ela olhou-o, ainda com a mão direita sobre o colar,fazendo nascer um sorriso no seu rosto.

-Está bem, aceito.-ele voltou a juntar os seus lábios mas segundos depois Daniela pôs termo aquele beijo.-Eu vou ter de ir embora Rúben.

-Não me digas que vais continuar a fugir?!Daniel...

-Nada disto!-interrompeu-o.-É que hoje é o último dia que a minha mãe está em Portugal...Quero aproveitar para estar com ela,acho que compreendes.

-Ah é verdade..-disse Rúben,baixando a cabeça.Apesar de não a querer ver ir embora compreendia a razão para tal.Daniela aproximou o seu rosto do dele e beijou-o.Depois de o fazer procurou a sua roupa e vestiu-se,enquanto Rúben lhe olhava.Ele entrelaçou a sua mão na dela e acompanhou-a até à porta.Após uma longa despedida Daniela abriu a porta mesmo assim antes de a fechar deu alguns passos para voltar a unir a sua boca à do Rúben. 

Ele ficou mais algum tempo no quarto.O suficiente apenas para se vestir, indo depois até sua casa. Após ter almoçado e ido treinar Rúben recebeu uma visita, que não esperava.

-Como estás?-perguntou Rúben a Isa segundos depois de lhe abrir a porta.

-Bem e tu?

-Também.A recuperar as forças depois da festa de ontem...

-Eu acho que não foi da noite que tiveste, sim porque reparei nas horas que a Daniela chegou lá a casa hoje!-Rúben sorriu meio acanhado.-Mas não vim cá para te falar sobre isto.Queria te dar algo..-abriu a mala e procurou pelo que tinha trazido para o Rúben.-Aqui está!

-O que é isto?-Rúben agarrou no CD que Isa lhe deu com ar confuso.

-Sei que parece estranho te dar isto mas tens apenas de ouvir a faixa que aí está e vais entender tudinho!

-Mas não  podes dizer o que está aqui?

-Não!Tens mesmo de ouvir isto,prestar atenção a cada palavra e acredita que depois vais saber o que fazer...-abriu a porta .-Bem Rubinho já fiz o meu trabalho.Txau!-acenou e saiu.

-Adeus!!

Rúben ficou a olhar para aquele CD sem saber porque raio Isa tinha ido até lá a casa para lhe dar aquilo.O que estaria ali? Sem querer perder mais tempo foi satisfazer a curiosidade.Chegou à sala abriu o leitor de CD e colocou este lá dentro.Mesmo antes de carregar no play ouviu o seu telemóvel parou o que estava a fazer e foi atender a chamada.

***

Daniela foi buscar a mãe e saíram as duas de casa.Primeiro almoçaram com os avós de Daniela e ,querendo aproveitar as últimas horas em que Sofia estava em Portugal,foram dar um passeio até Belém.Quando voltavam  do seu passeio Daniela sugeriu uma certa companhia para o jantar.

-Queres convidar o Rúben?-interrogou-lhe Sofia com espanto e ao mesmo tempo contentamento por ver aquela atitude da filha.

-Sim,se não se importar.

-Claro que não!Acho uma óptima ideia,vá pega no telemóvel e telefona-lhe!-Daniela sorriu com o que a mãe falou e pegando no telemóvel tratou de fazer o convite.-Então?Ele aceitou?

-Sim,daqui a pouco passamos por casa dele e depois vamos jantar.-a mãe de Daniela sorriu ao ouvi-la.

Seguiram para o carro e Daniela rumou em direcção da casa do Rúben.A mãe de Daniela ficou no carro enquanto ela saiu.Chegou à casa de Rúben e tocou à campainha.Quando saiu  ao ver Daniela, Rúben fez surgir um sorriso nos seus lábios.Falou um “Olá”,colocou a sua mão na cintura de Daniela e beijou-a.Ficaram ausentes da realidade até Daniela ter tomado consciência que tinha a mãe à sua espera.

-A minha mãe está no carro...-falou com os seus lábios a milímetros de distância dos de Rúben,fazendo-o sorrir. Foram depois até ao carro.Após Rúben ter cumprimentado Sofia, Daniela ligou o carro e saíram dali indo até ao restaurante.E para a grande despedida nada melhor do que sushi!

-Sofia quando está pensar a visitar a Daniela?-perguntou Rúben à mãe de Daniela, no inicio da refeição.

-Ainda não tenho a certeza,gostava de voltar a Portugal no Verão mas não sei se o poderei fazer...Mas se isto não acontecer a Daniela pode me ir visitar e tu mesmo podes ir com ela.

-Pois,no outro dia eu e a Daniela falamos sobre esta possibilidade.-Sofia olhou para a filha com um sorriso enorme,após ter ouvido Rúben.

-A sério?

-Sim,o Rúben não conhece bem a cidade por isto é que fiz esta sugestão.-falou Daniela tendo Sofia sorrindo e acenado com a cabeça.

Continuaram com a conversa durante toda a refeição.Depois do jantar,voltaram os três para o carro e seguiram para a casa do Rúben.Quando Daniela estacionou o carro Rúben agradeceu,uma vez mais, pelo convite, despediu-se de Sofia e tirando o cinto inclinou-se para a frente.Colocou a mão na cintura de Daniela,e sem que ela esperasse,juntou os seus lábios.Não se importou minimamente  que a mãe de Daniela também estivesse dentro do carro e beijou-a sem pressas.

-Adeus.-falou depois de a beijar.Abriu a porta e saiu.Daniela ficou uns segundos estática e ao voltar a cair na realidade apenas ligou o carro e tentou agir como se da tivesse acontecido.Ao olhar para o rosto da mãe de imediato falou.

-É que nem comente!

-Eu só ia dizer que ficam extremamente fofos juntos e que tens a minha aprovação,mas se não queres falar sobre isto nem digo mais uma palavra!

***

Cada vez que Sofia vinha visitar a filha a despedida era sempre o mais difícil.Por mais que Daniela resistisse às suas emoções quando abraçou a mãe pelo última vez  encheram-se  seus olhos de lágrimas.De lenço na mão Daniela saiu do aeroporto e ao chegar ao carro,apressou se a ir até casa.

***

Por ter chegado ontem tão tarde Rúben nem se lembrou do que Isa lhe tinha vindo lhe entregar.Após ter chegado do treino,pousou o seu saco sob o sofá e verificou se o CD continuava ainda dentro do leitor e logo depois carregou play.No CD continha apenas uma música e rapidamente ele se apercebeu de quem era aquela voz.Mas desde logo fez o que Isa falou e prestou atenção a cada palavra que Daniela cantava.

video



Assim que a música terminou Rúben agarrou nas chaves e saiu.

Olá meninas!!
Espero mesmo que tenham gostado deste capitulo e peço imensas desculpas por ter demorado imenso tempo a postar...Mas tem sido dificil escrever....Espero que mesmo assim continuem a acompanhar esta história. :)
Fico à espera das vossas opiniões,mesmo sendo curtas quero saber o que acharam!!
Beijinhos para todas!

4 comentários:

  1. Yey!!! Finalmente!! Eles estão mesmo juntos! Ohhh e ficam tão fofos juntos, como a mãe da Dani disse. As mães não mentem! xD
    Quero o próximo!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Olá!
    FINALMENTE a Daniela deixou o Ruben se aproximar! Eles ficam tão lindinhos juntos (posso não ver mas imagino...), sempre soube que ela ia ceder mas não pensei que seria tão rápido que fico até com medo de saber o que tinha no CD e o que o Ruben foi fazer... Amei esse capítulo e espero desesperadamente o próximo, é sério, quero muito saber o que o Ruben foi fazer e o que ouviu
    Beijinhos!!!
    Lari Lima

    ResponderEliminar
  3. Depois de muito te chatear para ler... finalmente consegui tempo para vir aqui comentar... sim que ler consegui ler assim que postaste:P

    Opa adoro esta versão mais fofa destes dois se bem que quando a esmola é muita o pobre desconfia... ainda assim quero muito ler o próximo!!!

    Já sabes que te vou chatear brevemente...

    Até sábado :P


    Beijocas

    ResponderEliminar
  4. Olá!
    Com que então foi desta! Até custa acreditar! A Daniela cedeu mesmo. Confesso que não estava à espera, principalmente a parte em que ela nem se importou de partilhar um jantar com a mãe e com o Ruben! Uau!
    E agora confesso que estou curiosa para saber o que é que havia no CD! Sei que foi a música que a Daniela compôs e cantou mas quero saber o que diz! Tenho a sensação que é uma música que revela muito do que ela sente pelo Ruben, não é verdade?
    Fico à espera para saber!

    Beso
    Ana Santos

    ResponderEliminar